sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Jeff Beck - Wired (1976)


Excelente trabalho de Beck, que consolida seu power-fusion-jazz-rock-fuckin'-blues, em grande performance técnica e criativa.
Porém um detalhe chama a atenção. Beck não compõe nenhuma música do álbum; ele é apenas o guitarrista do disco. Um tremendo guitarrista diga-se de passagem, tocando mais até do que no Blow-By-Blow. Neste último assina quatro músicas em nove do disco. No último disco do Jeff Beck Group, o homônimo de 1972, que será adicionado a seguir por ter sido recentemente incorporado à minha coleção, assina cinco em nove.
Ou seja, enquanto outros guitarristas de sua época deixavam marcas com suas composições, Beck se fixava como um excelente guitarrista; talvez mesmo o que ele mais quisesse ser.
Vai saber? Certo mesmo é que a onda Rock & Blues já não era mais seu único horizonte, e a transformação de seu estilo vem acompanhada de grande evolução dele como músico.
Wired é um baita trabalho de um excelente guitarrista, excelentes músicos e ótimas músicas. Não se tornará seu disco preferido e nem é daqueles de se ouvir sem parar, mas certamente é uma peça obrigatória na coleção de qualquer apreciador de guitarra bem e originalmente tocada.
Para a galera assídua do blog, vale a conferida e uma comparada com o estilo do David Gilmour, principalmente em seu primeiro disco solo (o homônimo postado mais abaixo).
Cinco estrelas.

3 comentários:

Mason disse...

Wired já foi baixado 132 vezes e ainda não tem comentário. Será que é mais uma façanha de Beck: muita gente ouve mais ninguém fala nada. Talvez seja realmente uma sina. Mas é mais dado interessante sobre Beck.

Malforea disse...

Rapá... é relativo. Eu tenho o CD e ouço sempre. às vezes pode enjoar, pq é muito curto. Só tem fera tocando, e o Beck é apenas um deles. O baixista chama muito mais a minha atenção que ele. Pensei até que fosse o Jaco Pastorius. Esse vale a pena ter original!

Luiz disse...

Conheço o disco desde seu lançamento. 25 anos depois comprei uma caixa em promoção com 03 cds do Beck, no qual se incluia Wired.
O considero o maior guitarrista vivo do rock, já que o morto nem precisa dizer quem é.
Aguardo ansiosamente sua vida ao Brasil, especialmente em B. horizonte.
Que Deus me ouça!!!
LUIZ ARTUR